Workshop Figuras da Ficção [20 de maio de 2015]

As “personagens feitas de bits, pixels e código binário”, ou seja, aquelas que residem no mundo digital, foram o tema de debate da última sessão de trabalho da equipa de projeto “Figuras da Ficção”. As potencialidades do digital para a construção de obras literárias, as dificuldades de preservação das obras e o  questionamento sobre as noções de texto, de narrador, de linearidade e até de literatura foram algumas das questões levantadas por Daniela Cortês Maduro, na comunicação “Personagens em Estado Latente: o caso da literatura eletrónica”. “Na literatura eletrónica, as personagens funcionam como pontos cardeais”, afirmou a autora, dando exemplos concretos de obras de literatura eletrónica, desde os seus primórdios, nos anos ’90, até à atualidade,  mostrando a abolição de “barreiras ontológicas que separam leitor e personagem”; nesse sentido,  o leitor é, ele próprio, uma personagem. A inevitável comparação entre os formatos tradicionais de literatura e os novos formatos gerou aceso debate entre a autora da comunicação e os demais investigadores do grupo. Além da comunicação de Daniela Maduro, ponto central desta sessão de trabalho, Guilhermina Castro e Carlos Caires, da Universidade Católica Portuguesa, apresentaram o projeto “Narrativa, Media e Audiovisual”, desenvolvido por um grupo de investigação daquela universidade.

 (pela figurante Inês Fonseca Marques)

  11059987_695510493910850_2954180784244254101_n

Deixe um comentário

20 de Maio de 2015 · 22:45

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s